"Descubra como ATRAIR seus clientes e PARE de persegui-los!"
Marketing Educacional para Instituição de Ensino

Serviços de Captação de Alunos
Com base nas SETE PREMISSAS de êxito para atuar com o
Marketing Educacional para Captação de Alunos.



"Toda vez que você ver um negócio de sucesso, tenha certeza que é porque alguém tomou,
algum dia, uma decisão corajosa.”

Peter Drucker
Pai da Gestão Moderna


Nesta página você encontra as SETE PREMISSAS de ÊXITO do MARKETING EDUCACIONAL e a contribuição dos serviços ofertados pela empresa Negócios de Valor para sua Instituição de Ensino atuar na Captação de Alunos com a WEB.

O conteúdo desta página atende aos interesses das Empresas que precisam de mais alunos, pouco por questão de sobrevivência, muito mais pelo objetivo de aumento de faturamento com lucratividade ou expansão de seus negócios educacionais ou posicionamento mercadológico.

Nossa mensagem começa pelo cenário dos negócios educacionais, depois tratamos das sete premissas do êxito no marketing educacional, posteriormente mostramos como nossos serviços de captação de alunos contribuem com sua empresa e, por fim, propomos um piloto de marketing e a forma como você pode entrar em contato conosco para solicitar uma pré-proposta de prestação de serviços.

O QUE sua INSTITUIÇÃO DE ENSINO VENDE?

Vamos começar com a pergunta que norteará nossa proposta de prestação de serviços de captação de alunos: O que sua instituição de ensino vende?

Para responder a esta pergunta basta ver as publicidades das instituições de ensino em revistas, jornais, TV, outdoors e se intensificando agora na internet. O fato é que a 95% das instituições de ensino estão vendendo características ao anunciarem sua estrutura, o nível acadêmico de seus docentes, as parcerias, etc.. E não estão vendendo os RESULTADOS conquistados pelos clientes que as contrataram!

Ainda existe resistência no comando das instituições de ensino em adotar um posicionamento de discurso e prática de excelência empresarial. Tratar o aluno efetivamente como cliente e cuidar do negócio de ensino parece muito capitalista, ou menos ético, por parte dos acadêmicos que estão na direção ou gestão do empreendimento educacional.

Os gestores e diretores de escolas ainda não estão entendendo como pensam a nova geração e continuam com um discurso muito sem sintonia com este público. Situação muito agravada principalmente nas IES - Instituição de Ensino Superior – que em vez de adotar uma comunicação que vende os resultados conquistados na vida pelos seus alunos com o estudo empreendido, ainda preferem focar no discurso institucional. Situação oposta está nas empresas que ofertam cursinhos pré-vestibulares que vendem RESULTADOS de aprovação. Por fim, quem contrata um cursinho quer qual resultado? Resposta: Ser aprovado na IES escolhida. Quem contrata sua escola quer qual resultado? Você está vendendo o que seu público precisa?

DISPONIBILIDADE DE VAGAS NAS ESCOLAS

Publicidade não é o que você pensa que está comunicando! Publicidade é o que chega aos seus potenciais alunos, é o que eles percebem como RESULTADO a ser conquistado se contratarem sua empresa!

Pergunta:
Como saber se você está comunicando o suprimento das expectativas de seus potenciais alunos?

Resposta:
Suas salas de aula estão cheias, ou com filas de espera para a próxima turma, então você está acertando em sua comunicação dentro de sua estratégia de marketing!

ALERTA:
Se suas salas de aula possuem mais vagas que alunos, ou você está sem quórum para iniciar uma turma com lucratividade, ou falta comunicação de resultados!


Muitas das escolas particulares com Cursos Profissionalizantes e Instituições de Ensino Superior estão muito dependentes dos Financiamentos Públicos, tais como PRONATEC, PROUNI e FIES. Muitas destas escolas viabilizaram seu negócio com dependência visceral das verbas públicas e perderam sua capacidade de comunicação com o mercado, o modelo de negócios destas escolas perdeu a COMPETITIVIDADE na livre iniciativa! Isto é a principal causa da multiplicação da disponibilidade de vagas nestas escolas.

“40% das matrículas em instituições particulares nasceram de programas sociais”
MEC 2014

Algumas instituições de ensino superior realizam inúmeros vestibulares antes do início de um semestre buscando quórum para seus cursos. Assim, alerta o mercado e faz um vestibular, não deu quórum, alerta o mercado e então faz outro vestibular, não deu quórum, e faz quantas vezes der tempo até o início do ano letivo. E em alguns casos acabam por não ter quórum para iniciar o 1º ano para determinados cursos. Você conhece alguma instituição de ensino superior que teve que adotar esta prática por não conseguir captar vestibulandos em número suficiente para justificar o 1º ano de um curso?

Esta mesma linha de comunicação mais institucional de alertar o mercado que vai ter vestibular é pouco comercial, usada pela maioria dos IES que não gera quórum suficiente para preencher as vagas disponíveis também é falha em outras escolas de diversos segmentos que ofertam, por exemplo: cursos de informática, de idiomas, escolas particulares de cursos livres diversos, escolas particulares de cursos regulares, empresas de treinamentos técnicos ou comportamentais, etc. Prática que gera pouco interesse no mercado e em consequência produz poucos alunos nas salas de aulas!

Assim, visando preencher a disponibilidade de vagas, o foco do marketing educacional deve estar em comunicar o RESULTADO que sua instituição de ensino viabiliza para quem contrata seus serviços educacionais! Tais como:

» Cursinho Pre-Vestibular: Faça anúncios do quanto seus alunos são aprovados nas Faculdades;
» Cursos Técnicos e de Graduação: Faça anúncios do sucesso profissional de seus ex-alunos;
» Cursos de Idiomas: Anuncie as novas oportunidades conquistadas por seus alunos pelo domínio do idioma;
» Cursos Comportamentais: Apresente os resultados sociais ou profissionais ou familiares de seus alunos;
» Academias de Ginástica: Publique as métricas físicas, ou de saúde, do antes e depois de algum tempo de frequência;
» Etc.

ACADÊMICOS versus EMPRESÁRIOS na DIREÇÃO da ESCOLA

Acadêmicos na direção ou gestão de escolas, ao lerem este texto estarão preocupados com a ortografia ou com a concordância; também mentalmente já estarão buscando justificativas eruditas e inteligentes sobre por qual motivo fazem o que fazem no comando das instituições de ensino que culmina com poucos alunos nos cursos, ou tentando racionalizar as inúmeras possibilidades que causam a gritante falta de alunos para as vagas disponíveis que as pesquisas denunciam. Acadêmicos estão certos em seus pontos de vista, apenas alguns ainda não permitiram a expansão do que sabem junto ao marketing de suas escolas para caminharem para o próximo patamar de sucesso de suas instituições de ensino, que contribuem para o aumento do faturamento com lucratividade superior.

Empresários no comando de instituições de ensino são mais “antenados” na busca de soluções para realizarem cursos com mais alunos, e dão uma abertura maior para o que é novo, e quando empreendem no ramo de ensino estão conquistando resultados melhores de captação de alunos, melhorando a eficiência de vagas VERSUS alunos, viabilizando o aumento do faturamento com mais lucratividade.


"As pessoas tendem a procurar por informações que confirmem suas crenças e a rejeitar informações que as contradigam."

Stan Kutcher, MD
Dalhouise University, Halifax, Canada
Director of the World Health Organization Collaborating Centre


Quem é você? Você é um empreendedor com vivência de êxito empresarial e está no comando de uma instituição de ensino ou você é um acadêmico que detêm todas as nuances que envolvem o processo ensino-aprendizagem e por isto está no comando de uma instituição de ensino? O melhor dos dois universos é quando o diretor ou gestor da escola é um acadêmico e somado a isto executa as melhores práticas de gestão empresarial! Quem é você?

Por fim a melhor resposta estará na extensão do sucesso dos seus alunos no mercado somado ao sucesso empresarial da sua instituição de ensino. Estes dois elementos serão viscerais para a persuasão usada na comunicação estratégica web de sua empresa e será a “graxa” das “engrenagens” do processo de geração de prospectos pré-qualificados na web. E também integrará o discurso de vendas da equipe comercial que terá a missão de converter estes prospectos em alunos.

Uma DECISÃO ESTRATÉGICA a ser EMPREENDIDA

Há quanto tempo você vem praticando ações de marketing que efetivamente não estão resultando em mais alunos em seus cursos, curso após curso, semestre após semestre, ano após ano?

Como implantar uma estratégia de marketing que contemple a excelência acadêmica com as melhores práticas empresariais por quem comanda uma instituição de ensino para fins de captação de alunos? O quanto você, empreendedor ou acadêmico no comando de sua escola, já esgotou suas opções de captação de alunos com os recursos que possui e com resultados apenas razoáveis?

Estaria você disposto a perceber com mente aberta uma solução de marketing para captação de alunos, sem as “amarras” acadêmicas contra as práticas capitalistas aplicadas à educação, ou também, sem as “amarras” das vivências empresariais conduzidas de forma falha?

A partir de agora, só leia este texto se há interesse real de sua parte em conhecer uma estratégia de PROSPECÇÃO DE CLIENTES que eficazmente contribuirá com resultados melhores para seu processo de CAPTAÇÃO DE ALUNOS. Visto que o aluno (termo usado para o consumidor de educação) é um cliente (termo usado para quem compra um produto ou serviço). E desde já começar a tratar a escola como um EMPREENDIMENTO EDUCACIONAL que, além de entregar EDUCAÇÃO DE RESULTADOS para seus alunos, também deve proporcionar LUCROS para a empresa!

Como ter êxito na CAPTAÇÃO DE ALUNOS?

O que será dito aqui, quanto a sua forma, é um trabalho de conscientização inédito. Mais do que apenas abrir uma possibilidade mental de execução de uma atividade de marketing, aqui iremos desafiá-lo a dar o primeiro passo para concretizar esta estratégia de captação de alunos.

Apresentaremos SETE PREMISSAS de êxito para o marketing educacional de performance para a captação de alunos. Estas sete premissas são pilares que sustentam os três elementos primordiais para produzir classes de aulas lotadas! Estes três elementos são credibilidade da escola, oferta irresistível de um curso e desejo ardente do aluno.

As SETE PREMISSAS para êxito no MARKETING EDUCACIONAL

Estas sete premissas garantem muito mais do que um ensino de qualidade, elas multiplicam as possibilidades de êxito profissional de seus clientes, os alunos!

O sucesso de sua instituição de ensino será construído pelas realizações profissionais de seus ex-alunos que servirá como o maior elemento de persuasão de seu marketing educacional para a captação de novos alunos!


1 – RESULTADOS dos ALUNOS

2 - Profissionais de Vendas

3 - Docentes Prósperos no Mercado

4 - Diferenciais Mercadológicos

5 - Marketing Educacional de Performance

6 - Gestão Financeira Estratégica

7 - Direção Profissional

Premissa UM
RESULTADOS

Ou sua instituição de ensino possui diferencial mercadológico que contribui para a venda de resultados, ou, sua instituição tem cursos grátis!

Se sua empresa não é uma instituição governamental, ou se sua empresa não é do terceiro setor e funciona com caridades, ou se sua empresa não é a mais tradicional, renomada e rica Instituição de Ensino do Brasil; então a melhor opção para sua empresa é aprender a ser percebida pelos resultados conquistados pelos seus alunos no mercado.

Entenda que não é ser percebida pelas possibilidades de resultados para seus alunos e sim PELOS EFETIVOS RESULTADOS PROFISSIONAIS QUE OS ALUNOS CONQUISTAM NO MERCADO!

Se sua Escola é nova, então o desafio é construir os primeiros casos de sucesso enquanto você projeta seus benefícios, vantagens e diferenciais!

“O que importa são os resultados”

Google
No Brasil domina 95% de seu mercado
Empresa com uma das mais extraordinárias histórias empresariais da humanidade


Cursinhos pré-vestibulares são EXPERTS em atuar no marketing de RESULTADOS! Os melhores cursinhos comunicam os resultados de seus alunos de forma TRIUNFAL, tal como: 300 aprovados na USP, 200 na UNICAMP, 50 no ITA! Isto comunica que, se você quer entrar na USP, ou na UNICAMP, ou no ITA, então uma extraordinária opção é o cursinho tal!

E assim as demais empresas também devem atuar como o marketing de resultados! Devem mostrar aos seus potenciais clientes que ao cursarem na sua instituição de ensino eles podem conseguir resultados positivos com o uso do que aprenderam no seu curso!

O marketing de sua empresa promove depoimentos de resultados de seus ex-alunos? O curso que eles contrataram na sua escola está servindo para alguma coisa prática, ou só para rechear o currículo do aluno? O que falta para você usar depoimentos com métricas de resultados dos alunos no marketing de suas comunicações estratégicas com seus prospectos?

Premissa DOIS
PROFISSIONAIS DE VENDAS

Ou sua instituição de ensino possui Profissionais de Vendas, ou, sua instituição possui atendentes administrativos!

Se sua empresa não é uma instituição governamental, ou se sua empresa não é do terceiro setor que depende de caridades, ou se sua empresa não é a mais tradicional, renomada e rica Instituição de Ensino do Brasil; então a melhor opção para sua empresa é capacitar seu pessoal para conversar com seus potenciais clientes com argumentos de vantagens, benefícios e diferenciais e não apenas com as características acadêmicas, técnicas e comerciais do curso ofertado.

Atendentes administrativos geralmente dão respostas técnicas que apenas chegam até a mente dos clientes. E aí VINAGRE! E você não sabe por qual motivo não consegue efetivar matrículas! E aí o gestor enlouquece e começa a abaixar o preço dos cursos ofertados, pois conclui que no final das contas a “turma” está sem dinheiro, é a crise que chegou para todo mundo. NADA DISSO! Aceite que é a sua empresa que não sabe vender e tome uma ATITUDE!

Profissionais de Vendas entendem de pessoas e saberão satisfazer necessidades dos clientes ao argumentar com conteúdo que agrega valor aos resultados que comprovadamente pode-se obter por meio do curso ofertado e assim, E SOMENTE ASSIM, é que o preço deixa de ser obstáculo! É a situação onde o profissional de vendas ajuda o potencial cliente a tornar-se íntimo da percepção de satisfação de suas necessidades, da sublimação das dúvidas em prol do reforço dos desejos ou para a concretização de um sonho! Isto é possível pois a comunicação de benefícios e diferenciais de seu curso pelo profissional de vendas vai além do INTELECTO e faz morada também no CORAÇÃO do futuro aluno!


"Não podemos transformar escuridão em luz e apatia em movimento sem emoção!"

Carl Gustav Jung
*26/07/1875 † 6/06/1961
Psiquiatra Suíço fundador da Psicologia Analítica
Doutor Honoris Causa pelas Universidades de Genebra, Oxford e Harvard


As mais belas coisas do mundo não podem ser vistas nem tocadas, mas o coração as sente."

Helen Adams Keller
*27/06/1880 † 01/06/1968
Surda e Cega desde a tenra idade
Célebre Escritora, Filósofa, Conferencista e Ativista Social
Falava o Inglês, Latim, Alemão e Francês


"Concentre-se mais em seu desejo do que na sua dúvida, e o sonho cuidará de si próprio. Você pode se surpreender de quão facilmente isso acontece. Suas dúvidas não são tão poderosas como seus desejos, a menos que você as torne assim."

Marcia Wieder
Escritora, Palestrante e Dream Coach
Atua em Empresas como AT &T, The Gap e American Express
Foi Presidente da Associação das Mulheres de Negócios dos USA
Fundadora da Dream University

Ter profissionais de vendas na equipe comercial é fator de êxito no marketing educacional! E para que isto se efetive seu departamento comercial precisará ter um gestor comercial que tenha vivência em todas as fases das vendas, de métricas de conversão do funil de vendas, que seja comprometido com metas de resultados, que seja líder para comandar os profissionais de vendas e seus relatórios! Mesmo que sua equipe comercial só tenha um vendedor este precisa de coordenação! Esta premissa dois – PROFISSIONAIS DE VENDAS – exige sinergia plena com a premissa cinco – MARKETING EDUCACIONAL DE PERFORMANCE.

Premissa TRÊS
DOCENTES PRÓSPEROS NO MERCADO

Ou sua instituição possui um corpo docente que transfere aos alunos o que pratica com prosperidade profissional no mercado, ou, sua instituição possui um corpo docente que apenas fala!

Se sua empresa não é uma instituição governamental, ou se sua empresa não é do terceiro setor e funciona com caridades, ou se sua empresa não é a mais tradicional, renomada e rica Instituição de Ensino do Brasil; então a melhor opção para sua empresa é compor com um corpo docente que possui vivência com êxito naquilo que será pregado em sala de aula.

Quantos palestrantes de motivação você conhece? Existem centenas atuando no mercado brasileiro! A maioria realmente deixa o público motivado! No entanto, a maioria dos participantes em alguns dias já estará na mesmice! Também existem pessoas que vivenciaram o comando de equipes no dia a dia da rotina de trabalho e as mantiveram motivadas pelo tempo necessário para o cumprimento das tarefas.

Algumas destes profissionais passaram a integrar o setor de treinamentos do RH da empresa ao efetivamente demonstrarem como ajudaram as pessoas a encontrarem seus motivos e na jornada se desenvolveram como pessoas e como profissionais.

Profissionais estes que posteriormente empreenderam na carreira como consultores e palestrantes pelo êxito no desenvolvimento de suas atividades. E para isto buscaram mais capacitação técnica e comportamental. Estas sim SABEM o que dizer numa palestra de motivação, pela vivência profissional próspera, pessoas que durante, ou depois, de uma carreira corporativa de sucesso organizaram seus fundamentos e práticas. Os alunos que se submeterem ao que está sendo comunicado por estes profissionais, pela consciência, pela prática, pela mudança de comportamento, estarão melhores direcionados em suas profissões e na vida!

Quem são os professores de sua Instituição de Ensino?
São educadores com formação acadêmica que falam com base em vivências profissionais de êxito?
Ou, são pessoas que falam o que estudaram em sala de aula e estão repetindo informações para seus alunos?

Eu e você também podemos falar, ou discutir, sobre quem convocar para a seleção brasileira de futebol ou de vôlei e como o time deve jogar! Talvez uma pessoa possa melhor argumentar se com formação em educação física.

Eu e você também podemos falar sobre o melhor caminho para alcançar a salvação da alma! Talvez uma pessoa possa melhor argumentar se com formação religiosa formal.

Eu e você também podemos falar às crianças sobre o que é mais saudável comer! Talvez uma pessoa possa melhor argumentar se com formação em nutrição.

Eu e você também podemos falar sobre o que é melhor para as finanças pessoais! Talvez uma pessoa possa melhor argumentar se com formação como Planejador Financeiro.

NO ENTANTO, isto tudo é diferente quando quem recomenda a escalação de um time de vôlei é um Bernardinho, que inclusive é um dos mais eficientes vencedores do planeta; ou quando para falar de finanças pessoais é alguém que contribuiu para que outras pessoas atingissem o êxito financeiro e antes disto o seu próprio!

O que é inadmissível é alguém se propor a ensinar sobre como atingir um determinado objetivo se ele mesmo não chegou lá! Logo não sabe o caminho a despeito de ter a educação formal ou ter um plano para se atingir o alvo.

Você gostaria de estar num curso de finanças pessoais com um professor que vive sistematicamente “quebrado”. Qual a credibilidade dele? Como confiar no que será ensinado?

Quem são os professores de sua escola? Recrute e selecione docentes prósperos em sua área de atuação, nas disciplinas que darão para os alunos de sua escola!

“Palavras convencem, o exemplo arrasta.”

Padre Antônio Vieira
*Lisboa 06/02/1608 † Bahia 18/07/1697
Religioso, Escritor e Orador Português da Companhia de Jesus
Como missionário em terras brasileiras combateu a escravização
Autor de 53 obras muitas delas de leitura exigidas em universidades

Infelizmente no meio acadêmico, principalmente naquelas atividades que somente a prática diz o que um docente realmente sabe, algumas instituições de ensino contam com professores que ainda não falam pela vivência.

Desejando colocar alunos direcionados para o êxito, pois o sucesso deles será incorporado na persuasão de marketing e vendas, então esta premissa é imperiosa para o êxito acadêmico e empresarial da instituição de ensino.

“Só se conhece o que se pratica”

Barão de Montesquieu
*França 18/01/1689 † 10/02/1755
Suas obras deram origem na divisão dos poderes Legislativo, Judiciário e Executivo
Sua obra “Dos Espíritos das Leis” é referência mundial para advogados e legisladores
Seu trabalho influenciou a elaboração da Constituição dos Estados Unidos da América


Premissa QUATRO
DIFERENCIAIS MERCADOLÓGICOS

Ou sua instituição de ensino está comprometida com o resultado pessoal e profissional do seu aluno, ou, sua instituição de ensino é mais uma que apenas entrega conteúdo!

Se sua empresa não é uma instituição governamental, ou se sua empresa não é do terceiro setor e funciona com caridades, ou se sua empresa não é a mais tradicional, renomada e rica Instituição de Ensino do Brasil; então a melhor opção para sua empresa é aprender a sistematizar métodos e processos que contribuem com seu aluno em multiplicar as possibilidades de êxito pessoal e profissional!

Que disciplinas complementares ligadas a aprendizagem do comportamento humano, ou a empreendedorismo, ou a finanças, ou a marketing pessoal ou empresarial, etc. podem ser complementares ao ensino que viabilize a construção sadia e ecológica de sua vida profissional como funcionário, como profissional liberal ou como empresário?

A maioria dos formandos sai das escolas sem noção do trato do dinheiro, ou de como se relacionar com pessoas no ambiente profissional, ou como realizar um marketing edificante e de resultados, ou de como empreender em sua carreira ou negócio. Mas que culpa tem o formando, visto que nos meios educacionais não lhe foi contemplado algumas das mais importantes aprendizagens para sua vida pessoal e profissional? Que culpa tem o formando que ao longo de sua formação escolar básica ele passou a maior parte do tempo preocupado em decorar datas, nomes, lugares, fórmulas, etc. que em sua maioria jamais irá usar, ou lembrar e que muitas vezes de nada lhe serve na prática de toda sua vida?

Ou as instituições de ensino podem simplesmente falar que isto não é problema delas, OU elas complementam seus cursos com fundamentos que contribuem para o aluno vencer na vida e na profissão!

A instituição de ensino ao acompanhar a carreira de seus formandos saberá o que melhor funciona na prática de mercado e com isto realimentar os métodos e os processos de ensino-aprendizagem durante o curso, como também corrigir o que não produziu resultados satisfatórios.

Não há garantias de pleno sucesso, mas quando uma instituição começa a fomentar seus diferenciais mercadológicos, os resultados para os alunos e para a instituição de ensino são superiores.

As instituições de ensino mais comprometidas com o sucesso profissional e pessoal de seus alunos colhem os resultados do que semearam!


“Mais do que adquirir conhecimento, os alunos da Harvard saem de lá transformados. Eles são preparados para se superar em situações desafiadoras.”

Paulo César Porto
Philadelphia Consulting


“A Harvard Business School — e outras tradicionais escolas da universidade, como Direito e Medicina — é reconhecida por ter clubes de ex-alunos muito atuantes. São 117 grupos em 40 países. O apoio dessa comunidade, extremamente grata pelos serviços recebidos, é vital para a escola. Seja como pessoa física ou jurídica, os ex-alunos são os principais responsáveis pela segunda maior fonte de renda da faculdade: as doações. Em 2006, a escola recebeu 83 milhões de dólares. No Brasil, o clube de ex-alunos, sediado em São Paulo, se reúne pelo menos oito vezes por ano, em eventos reservados, para assistir a palestras de antigos professores que passam pelo país e de grandes executivos, como o ex-banqueiro Jair Ribeiro e o próprio presidente do Ibmec–SP, Cláudio Haddad. “É uma oportunidade de trocar conhecimento e fazer networking”, diz James Sinclair, presidente do clube.” “Quem entrou recentemente para a lista de ex-alunos foi o paulistano Cristiano Cagne, de 34 anos, superintendente do Unibanco. Ele voltou em junho de 2007 de um MBA na Harvard, custeado pela empresa, e já participou dos encontros do clube. Mas Cristiano não está procurando outro emprego, apesar de saber que muitas portas foram abertas para ele com a obtenção do título. Ele assumiu uma área recém-criada no banco e tem o desafio de estruturá-la. O pacote de retorno incluiu um aumento de 15% e um bônus de 200 000 reais. “Em até três anos, quero alcançar um cargo de diretoria”, diz. Alguém duvida das chances do rapaz?”

Carreira - Você SA – edição 115 – Janeiro 2008
Centenário da Harvard
A escola de negócios mais famosa do mundo chega aos 100 anos com prestígio


E aqui estará o maior trunfo da instituição de ensino, aqui sim estará o diferencial, principalmente ao longo do tempo quando um CEO de uma companhia gritar ao mundo que se ele chegou aonde chegou foi devido a sua formação em determinada instituição de ensino, não apenas pela formação como também pelo conjunto da obra que formou um profissional!

Este sim é o maior diferencial mercadológico a ser explorado pelo marketing escolar, é o cenário onde ganha a escola, também ganha a empresa que contrata este formando, também ganham os clientes desta empresa e naturalmente também ganha o formando.


“...um dos diferenciais da fórmula de excelência empresarial é o processo ganha-ganha-ganha, onde ganha a empresa, ganha o mercado e ganha o cliente...”

Werner Kugelmeier
Autor do livro "Prisma - girando a pirâmide corporativa", um guia sobre gestão
Jurista e Administrador de Empresas formado na Alemanha
Fez carreira corporativa em multinacionais no Brasil
Participou de negociações empresariais em 60 países
Desde 2000 atuando com Educação Corporativa
Facilitador de Cursos e Palestras sobre Gestão Empresarial
Proprietário da WK PRISMA – Educação Corporativa Modular
Atua com Educação em Gestão Empresarial com empresas como TOTVS


“Numa sociedade baseada no conhecimento como a nossa, é preciso aprender a aprender, aprender a aprender melhor e mais rápido, aprender criatividade e inovação e aprender o valor econômico do que se aprende.”

Prof Luiz Machado, Ph. D.
Mentor da Emotologia
Cientista Fundador da Cidade do Cérebro
Criador do Método CLC de Aprendizagem Acelerativa
Autor de dezenas de livros e artigos sobre o comportamento humano
O Método CLC aplicado no ensino de idiomas está entre os seis melhores do planeta

Premissa CINCO
MARKETING EDUCACIONAL DE PERFORMANCE

Ou sua instituição de ensino atua com marketing educacional de performance, ou, sua instituição de ensino é mais uma que apenas pratica o marketing institucional!

Se sua empresa não é uma instituição governamental, ou se sua empresa não é do terceiro setor e funciona com caridades, ou se sua empresa não é a mais tradicional, renomada e rica Instituição de Ensino do Brasil; então a melhor opção para sua empresa é aprender a atuar com o marketing educacional de performance que eficazmente contribui para a captação de alunos.

Marketing não é luxo! Ações de Marketing não são apenas a publicidade ou a propaganda! Ações de Marketing não são apenas vendas!


“O objetivo de Marketing é obter e manter clientes”

Theodore Levitt


“Marketing é uma função organizacional e um conjunto de processos que envolvem a criação, a comunicação e a entrega de valor para os clientes, bem como a administração do relacionamento com eles, de modo que beneficie a organização e seu público interessado.”

AMA - American Marketing Association
Nova definição de 2005


“Marketing é a função empresarial que identifica necessidades e desejos insatisfeitos, define e mede sua magnitude e seu potencial de rentabilidade, especifica que mercados-alvo serão mais bem atendidos pela empresa, decide sobre produtos, serviços e programas adequados para servir a esses mercados selecionados e convoca a todos na organização para pensar no cliente e atender ao cliente."

Philip Kotler
Marketing de A a Z - Editora Campus, 2003


Marketing não é um mal necessário, mentalidade tida principalmente por alguns técnicos, por alguns acadêmicos e até por alguns empresários. Inclusive há discussão sobre o uso do termo Marketing Educacional.


Marketing Educacional é uma disciplina emergente da área de Marketing que utiliza estratégias, táticas mercadológicas e de comunicação para captação, retenção e fidelização de clientes (no caso, alunos) de Instituições de Ensino. Alguns especialistas consideram a nomenclatura equivocada, adotando "Marketing para Instituições de Ensino", como correta. A alegação é a de que "Marketing Educacional" seria uma inversão nominal, dado que, no caso, o ensino seria usado como ferramenta de marketing e não o oposto. Entretanto, assim como clubes praticam o "Marketing Esportivo" para captação de sócios e torcedores, Instituições de Ensino praticam o "Marketing Educacional"”

Wikipédia
Atualizada em 01/10/2009


Muitas instituições de ensino já possuem algumas das sete premissas de êxito para o Marketing Educacional, no entanto, não sabem ser percebidas pelo seu público alvo, não sabem comunicar eficazmente seus benefícios e diferenciais, geralmente a ineficácia em ser percebida como a melhor opção está na prática do marketing institucional em vez do marketing educacional de performance.

Percebemos muito do marketing institucional quando peças publicitárias em outdoors, em materiais impressos, em rádio e TV são levadas para a internet na tentativa da prática do marketing integrado.

Marketing Educacional de Performance é aquele processo que contribui eficazmente com a captação de alunos sistematicamente que por consequência posiciona o preço na relação da grande demanda frente as vagas disponíveis. Onde o processo de entrevista (ou seleção, ou vestibular) não visa apenas perceber se há possibilidade de se formar uma classe com alunos em condições mínimas de dar continuidade na aprendizagem e sim o processo de entrevista torna-se eliminatório devido ao limite de vagas.

Por fim as métricas e índices de eficiência devem manter a ecologia econômica e financeira do marketing & vendas para justificar o processo contínuo de captação de alunos.

A segmentação das métricas de resultados por canais de mídia justificam ou não o uso de cada mídia. Toda a mídia que você não consegue medir ou controlar o resultado que produz deve ser banida do mix do marketing educacional. Certamente esta afirmação não será compartilhada por muitas agências famosas e muitos publicitários conceituados que atuam junto a grandes instituições de ensino que produzem peças publicitárias que são verdadeiras obras de arte, mas que não contribuem para sistematicamente colocarem alunos nas salas de aula, naturalmente há raras e honrosas exceções, mas a maioria das instituições de ensino não tem como se sustentar com as exceções.

O marketing educacional de performance considera basicamente TRÊS elementos:


A – O custo teto de aquisição de um aluno;

B – A integração do custo teto na composição do preço de venda do curso.

C – A eficiência do Marketing em converter público alvo em leads e leads em prospectos pré-qualificados – Funil de Marketing;


IMPORTANTE:

Há um QUARTO elemento a ser considerado que já foi mencionado na PREMISSA DOIS

D – A eficiência dos PROFISSIONAIS DE VENDAS de sua equipe comercial em converter prospectos pré-qualificados em alunos – Funil de Vendas.

Assim, há a necessidade de se estabelecer sinergia entre o produto final do Marketing, que são os prospectos pré-qualificados, com o produto final de Vendas, que são as conversões dos prospectos em alunos. Desta forma, URGE sua empresa considerar na equipe comercial a existência de profissionais de vendas sob gestão e não apenas atendentes administrativos.

Com o FUNIL DE MARKETING em sinergia com o FUNIL DE VENDAS estamos no controle do processo de construção da Ecologia Financeira!

Ecologia Financeira nas etapas de Marketing & Vendas é quando este processo se auto sustenta viabilizando a perenidade da publicidade, exigindo apenas investimentos iniciais para se atingir este patamar.

Veja um exemplo simplificado de ecologia financeira para um curso comportamental: Supondo que na composição do preço de venda de curso de R$ 3000,00 está contemplado R$ 300 para publicidade web. Desta forma, com esta verba de publicidade o marketing deve gerar tantos prospectos quantos forem necessários para que o comercial converta em uma matrícula. Assim, podemos afirmar que há ECOLOGIA FINANCEIRA no marketing & vendas da escola! Assim, a publicidade pode ser perene, pois é sustentável e escalável até o limite de consumo do mercado ou o limite da capacidade da sua empresa em entregar seu curso.

O grande desafio do Marketing Educacional focado para Captação de Alunos está no processo de construção da sua Ecologia Financeira com o alinhamento dos FUNIS de MARKETING e VENDAS.

E AGORA, de posse desta introdução neste assunto, sua instituição de ensino já pode COMEÇAR a praticar o marketing educacional de performance que eficazmente contribui para captar prospectos pré-qualificados para que sua equipe comercial converta em alunos!

Pergunta:
Quando sua escola sairá da guerra de preços regionais que deixa seu financeiro sufocado?

Resposta:
Quando, passo a passo, sua escola introduzir e fomentar a cultura organizacional das SETE PREMISSAS de ÊXITO!

Premissa SEIS
GESTÃO FINANCEIRA ESTRATÉGICA

Ou sua instituição de ensino possui uma gestão financeira estratégia, ou sua instituição de ensino só conseguirá sobreviver por meio de bancos, filantropos ou da caridade da sociedade!

Se sua empresa não é uma instituição governamental, ou se sua empresa não é do terceiro setor e funciona com caridades, ou se sua empresa não é a mais tradicional, renomada e rica Instituição de Ensino do Brasil; então a melhor opção para sua empresa é implementar a gestão financeira estratégica para atingir níveis de excelência empresarial.


“Afinal, o que quer dizer “estratégico”? ... “Por trás de toda empresa de sucesso existe uma estratégia eficaz” (Michael Cusumano) ... “Na verdade, ninguém sabe o que é estratégia” (The Economist) ... Usada na área militar, esta palavra é hoje bastante empregada na área de negócios... Michael Porter, o estrategista acadêmico que diz: “A estratégia competitiva é a busca de uma posição única e valiosa em uma indústria” ... Para não se perder entre polaridades e óticas diferentes, vamos simplificar e trazer a discussão para o mundo corporativo: “Estratégia é a definição de como recursos serão alocados para se atingir um determinado objetivo.”

Werner Kugelmeier
Autor do livro "Prisma - girando a pirâmide corporativa", um guia sobre gestão


Todas as atividades da instituição de ensino deverão se submeter a viabilidade econômica e financeira, e seus limites terão que ser implementados pela criatividade acadêmica e empresarial para a conquista da qualidade de ensino com lucratividade.

Isto parece tão básico, ou óbvio, quanto o que uma pessoa não pode gastar mais do que ganha, mas por alguma razão cósmica, ISTO NÃO ACONTECE NA PRÁTICA! Ou por idealismo acadêmico ou por desejos empresariais, há falhas sistemáticas na gestão financeira das instituições de ensino e sabe quem paga o “pato”? O marketing! Como vai se investir em marketing se não sobra dinheiro, não é mesmo?

Incrível é saber que muitas instituições de ensino não contemplam no preço de venda de seus produtos e serviços os investimentos em marketing. E quando existe, a verba não é gerida por resultados! Muitas vezes gasta-se em publicidade institucional, mas sem a preocupação com seus resultados efetivos. E detectamos isto quando não há métricas de performance para sabermos o quanto retornou de novos recursos ao caixa da empresa oriundos de cada publicidade realizada.

Pergunte ao seu marketing sobre aquela verba investida em impressos, outdoor, rádio, internet e TV, qual foi o resultado específico de negócios gerados por cada real investido em cada mídia! A ausência de métricas específicas acabará por indicar a existência no máximo de um marketing institucional que acabará por falar de amostragem. Outro indicador do Marketing institucional é a dificuldade de rastrear a origem de como o novo aluno ingressou na instituição de ensino.


“O que não pode ser medido não pode ser controlado”

Lord Kelvin
*Irlanda 26/06/1824 † 17/12/1907
Físico, Matemático e Engenheiro
Desenvolveu a escala Kelvin de temperatura
Recebeu o título de barão em homenagem as suas realizações


“O que não pode ser medido, não pode ser gerenciado.”

William Eduard Deming
*14/10/1900 †20/12/2003
Um dos responsáveis por contribuir em transformar o Japão numa potência industrial
Em 1950 foi criado o prêmio Deming pela JUSE – União Japonesa de Cientistas e Engenheiros


“O que não pode ser medido, não pode ser melhorado.”

Peter Ferdinand Drucker
*Áustria 19/11/1909 †EUA 11/11/2005
Pai da Gestão Moderna
Presidente honorário da Drucker Foundation
Escreveu mais de 30 livros


“Apontado como um bicho de sete cabeças em pesquisa, métricas de ROI não são realizadas por 62% das empresas.” "É impressionante como este assunto dá frio na espinha de muitos profissionais de Marketing. E com razão, pois eles serão cobrados por isto, mais dia ou menos dia", diz Bruno Mello, editor executivo do Mundo do Marketing.”

ROI nas empresas
TNS Research International em parceria com o Mundo do Marketing
Fonte: Mundo do Marketing
Divulgado por HSM Online em 09/10/2009


Ao não saber exatamente quais os elementos de marketing que produziram novos alunos na sala de aula, como progredir? Como sistematicamente investir onde produz resultados com lucratividade?

Somente o marketing educacional de performance pode estabelecer procedimentos e práticas que viabilizam os investimentos consistentes em captação de alunos de forma perene e não apenas momentos antes do tempo do início previsto para a próxima turma ou classe.

Se o dinheiro oriundo dos alunos em seus cursos contribui para pagar todas as contas da Instituição de Ensino, por qual motivo não investir sistematicamente e consistentemente na captação de mais fontes geradoras dos recursos financeiros para a empresa?

Premissa SETE
DIREÇÃO PROFISSIONAL

Ou sua instituição de ensino possui uma Administração Profissional, ou, sua instituição de ensino será apenas mais uma tentando a sorte no mercado!

Se sua empresa não é uma instituição governamental, ou se sua empresa não é do terceiro setor e funciona com caridades, ou se sua empresa não é a mais tradicional, renomada e rica Instituição de Ensino do Brasil; então a melhor opção é profissionalizar sua direção para tratar a instituição de ensino como empresa pelas melhores práticas de gestão com todas as suas nuances de qualidade com lucratividade.


“A Gestão Escolar está exposta – como a Gestão Empresarial - à globalização dos mercados e ao desenvolvimento de novas práticas gerenciais e tecnológicas; uma tendência que criou a necessidade de dar um novo significado à organização escolar para que a escola seja bem sucedida nas duas frentes de atuação: (1) mais participativa ao lidar com os seus públicos-chave (stakeholders) que são professores, alunos, comunidade, mantenedores e governo; (2) mais eficiente no processo de formação do futuro cidadão. “Não é difícil imaginar o estreito vínculo entre os objetivos escolares e a produtividade empresarial, ou seja, a semelhança entre escola e empresa: o trabalho do professor e os elementos do processo educativo são os insumos; o grau de preparo do aluno para a competição na vida é o indicador de desempenho.” A “instituição escolar” vem a ser uma "empresa escolar"; portanto, é possível pensar na Gestão Escolar como um ambiente onde se deve alinhar metas, gestores e resultados.”

A importância de um livro de administração para a Gestão Escolar
Trechos de um artigo de 15/07/2009 de Werner Kugelmeier


Não existe nenhum marketing, ou reservas financeiras, que consiga equacionar sucessivas falhas de gestão de uma escola, ou de qualquer empresa.

Uma situação muito comum se fez presente em parte das empresas familiares, onde um pai e por vezes seu filho construíam um império e seus descendentes dizimavam a empresa, muitas vezes por manterem como gestores os herdeiros que não possuíam a aptidão ou a paixão ou não se preocupavam com as melhores práticas da gestão empresarial.

Algumas organizações detectaram a tempo este fato e contrataram administradores profissionais para cargos de direção, enquanto os herdeiros mantiveram-se no conselho da empresa criando-se para isto procedimentos de governança corporativa.


“Governança corporativa é o sistema pelo qual as empresas e demais organizações são dirigidas, monitoradas e incentivadas, envolvendo os relacionamentos entre sócios, conselho de administração, diretoria, órgãos de fiscalização e controle e demais partes interessadas. ”

IBGC
Instituto Brasileiro de Governaça Corporativa


Na sua instituição de ensino que práticas de gestão empresarial você adota? Por fim, não temos como tratar de captação de alunos se não há administração eficiente!

Pergunta:
Que instituição de ensino possui excelência nas sete premissas de êxito para o marketing educacional de performance para a captação de alunos?

Resposta:
TODAS AS ESCOLAS que estão focadas na EXCELÊNCIA DAS PRÁTICAS que conduzem ao ÊXITO EMPRESARIAL SISTEMÁTICO!

COMUNICAÇÃO ESTRATÉGICA WEB
para CAPTAÇÃO DE ALUNOS

Caso sua instituição de ensino, seja uma IES, ou uma escola de informática, ou uma escola de idiomas, um escola particular de ensino regular, uma empresa de cursos abertos, etc. que ainda não tenha excelência nas sete premissas, então concomitantemente com as atividades de captação de novos alunos há a necessidade de planejar e operacionalizar a implantação ou melhoria destas premissas. A eficiência na captação de novos alunos evoluirá com o processo e vice-versa.

Ao consolidar o processo de melhoria contínua destas premissas estaremos construindo, por consequência, os três elementos (credibilidade da escola, oferta irresistível de um curso e desejo ardente do aluno) que produzem salas de aulas lotadas, ou por vezes filas de espera! Situação que por escassez de oferta permite posicionar preços acima da média de mercado.

Estes três elementos são algumas das chaves para a construção de uma carta de vendas ou vídeo de vendas, que é um texto ou vídeo persuasivo para a venda de um curso! Trata-se do coração da comunicação que conduzirá potenciais alunos até o contato comercial com sua empresa. Melhor ainda, quando construímos relacionamento com os leads em várias interações para a construção da persuasão que conduz o prospecto até a tomada de decisão de matricular-se em sua escola.

No que se refere ao uso da internet, a comunicação estratégica web usa os resultados das premissas, somados com outros elementos de influência, para a exposição de seu curso junto ao seu público alvo por meio de campanhas de marketing.

CAMPANHA DE MARKETING
para CAPTAÇÃO DE ALUNOS

A campanha de marketing é construída e gerida de tal forma que expõe sua escola para as pessoas que estão proativamente em busca dos cursos que sua instituição de ensino disponibiliza ao mercado.

O resultado desta campanha é um volume de potenciais alunos, proporcional a verba publicitária investida, desejando conversar com seu comercial ou sendo atraídos para uma entrevista de vagas.

A campanha de marketing, em sinergia com o departamento comercial de sua escola, deve atuar visando atingir a ecologia econômica e financeira. Assim a campanha de marketing pode ser perene, pois as métricas de negócios justificam todo o processo de captação de clientes.

GESTÃO DE CAMPANHA DE MARKETING
para CAPTAÇÃO DE ALUNOS

Somos a NEGÓCIOS DE VALOR, empresa especializada em comunicação estratégica web focada em GESTÃO DE CAMPANHAS DE MARKETING usando o produto ADWORDS do Google para PROSPECÇÃO DE CLIENTES ou CAPTAÇÃO DE ALUNOS.

Nós conduzimos as pesquisas dos potenciais alunos no Google que são relacionadas aos cursos de sua escola para as CARTAS DE VENDAS de seu website, que, se devidamente estruturadas, são pontes para estes prospectos se relacionarem com seu departamento comercial, que, contando com profissionais de vendas, multiplicam-se as possibilidades de se conquistar mais alunos para sua escola!

O grande TRUNFO da empresa Negócios de Valor para com o uso das comunicações estratégicas WEB é que falamos e focamos nas estratégias para fomento dos negócios educacionais e não de programação de site ou de web design ou de programação dos sistemas de publicidade ou dos softwares de automação de marketing. Tratamos de negócios conversando com a diretoria da escola e com a diretoria comercial, pois a sinergia entre marketing e vendas é necessária para o êxito na prestação de serviços de captação de alunos. Todos os demais recursos são de suma importância, no entanto, devem SERVIDÃO para a ESTRATÉGIA.


DEPOIMENTOS de nossos CLIENTES

Descubra agora o que alguns clientes que já contrataram a Negócios de Valor para suas escolas têm a dizer sobre nossos serviços:


Antônio Carlos G. Perpétuo - Diretor Presidente SUPERA Franqueador

Antônio Carlos G Perpétuo
Diretor Presidente

SUPERA Franqueador

A empresa Negócios de Valor nos foi indicada por um de nossos franqueados em 2010. Da nossa primeira reunião de briefing contratamos um piloto de campanha de marketing de 30 dias para perceber os resultados da WEB. Devido a produção de prospectos já na primeira semana do piloto elevamos em 300% a verba de publicidade. Na época estávamos com 30 franquias. Atualmente, com a contribuição de marketing da Negócios de Valor, estamos com 130 franquias e estamos só começando! Muito além da WEB, a Negócios de Valor trata de negócios e conquista de resultados. Eu recomendo!

Depoimento fornecido em junho 2014.

Antônio Carlos G Perpétuo
Diretor Presidente
SUPERA Franqueador – Cursos de Ginástica para o Cérebro
www.franquiaeducacional.com

.

Antônio Carlos G. Perpétuo - Diretor Presidente SUPERA Franqueador

Antônio Talle
Diretor Oficina do Estudante

Iniciamos em 2007 uma criteriosa busca de profissionais que atuam com Serviços de Marketing na WEB. Naquele ano, conhecemos o método de Gestão Estratégica de Links Patrocinados do Google de Pedro Majeau, da Negócios de Valor, e realizamos um piloto de 60 dias. Em junho de 2009, realizamos nossa escolha e contratamos de forma mensal as atividades de Gestão de Publicidade WEB com os quais estamos conquistando resultados extraordinários.

Depoimento fornecido em maio 2010

Antonio Talle
Diretor Oficina do Estudante – Maior cursinho da região de Campinas - SP
Cursos Pré-Vestibulares e Ensino Médio - ETAPA
www.oficinadoestudante.com.br



Layr Malta - Head Trainer da Leader Training

Layr Malta
Head Trainer da Leader Training

É surpreendente os trabalhos de webmarketer da Negócios de Valor, na pessoa do PEDRO MAJEAU. Ele convence não só pelas explicações sobre as possibilidades de negócios como comprova com atitudes e resultados, num tempo muito curto de trabalho dedicado aos propósitos oferecidos, ou seja, tudo aquilo que nós clientes desejamos e esperamos: PROSPECÇÃO DE NOVOS CLIENTES e DIVULGAÇÃO DE NOSSOS PRODUTOS. Parabéns PEDRÃO pelo seu profissionalismo e constante bom humor. Abraços. Layr Malta.

Depoimento fornecido em 03/07/2008

Layr Malta – Pioneiro em Treinamentos Comportamentais para o Multinível
Head Trainer da Leader Training
www.trainingleader.com.br

 

Sua ESCOLA está precisando de mais ALUNOS?

Campanhas de marketing na WEB tem o poder de multiplicar os resultados que você já conquista de positivo com as atividades tradicionais de Captação de Alunos. Ela deve ser usada para se buscar novos mercados, mais negócios, mais clientes, mais alunos.

Seus alunos usam a WEB!
Onde você vai captar alunos?

É de conhecimento comum que o uso do Google para buscas de informações é um facilitador para as pessoas. A maioria das pessoas usa o Google para colher informações sobre produtos e serviços. Entre estas informações estão as buscas por educação e capacitação.

Para atender a demanda dos potenciais alunos que se refere aos cursos ofertados pela sua escola, sua instituição de ensino deve ser facilmente “encontrável” no Google. E sua escola pode exibir sua publicidade regionalmente ou para todo o Brasil ou para o mundo, conforme sua necessidade.

Serviços de CAPTAÇÃO de ALUNOS

Para a contratação dos serviços de Captação de Alunos da empresa Negócios de Valor há alguns quesitos mínimos recomendados para iniciarmos um piloto de Campanha de Marketing.

PILOTO de Campanha de Marketing WEB

Piloto de Campanha de Marketing é uma vivência de 30 dias com verbas mais humildes tanto de publicidade como de gestão do marketing para avaliarmos três elementos:

1 - A real demanda de mercado na web para seus cursos;

2 – O quanto seu website está eficiente em converter visitas qualificadas em leads (com páginas de captura) ou converter visitas em prospectos pré-qualificados (com carta ou vídeo de vendas);

3 – O quanto seu comercial está eficiente em converter prospectos em alunos.

Após a vivência de 30 dias temos elementos para uma tomada de decisão com números iniciais vivenciados junto com o mercado. O piloto de marketing pode denunciar a necessidade de melhorias nas comunicações web ou no departamento comercial, como também detectar que mercado WEB é insuficiente frente aos objetivos de negócios da Instituição de Ensino. Por outro lado, podemos detectar que o mercado na WEB é muito grande frente a capacidade de investimento publicitário da escola ou frente a capacidade de atendimento do comercial. E que o site está com conversão razoável e o comercial também.

Findo o PILOTO de 30 dias da campanha de marketing na web a decisão pode ser:

A – Renovar o piloto por mais 30 dias após melhorias ou ajustes realizados na publicidade no Google, ou nas páginas web ou nos métodos e processos do departamento comercial;

B – Renovar o piloto por mais 30 dias para confirmar os dados da primeira amostragem de resultados, para minimizar ou identificar uma sazonalidade que pode estar interferindo nos resultados colhidos;

C – Se os resultados forem positivos dentro do interesse, ou necessidade, da Instituição de Ensino, sair do modo PILOTO e entrar em ritmo de Campanha de Marketing caminhando para pleno aproveitamento da capacidade da WEB em fornecer prospectos com Ecologia Financeira. Para isto deve-se ajustar a verba de publicidade e o novo volume de horas exigido para a Gestão da Campanha.

QUESITOS mínimos para um PILOTO de marketing WEB

Para uma campanha de marketing web com eficiência máxima devemos explorar nas comunicações web as SETE PREMISSAS do êxito para a Captação de Alunos. Naturalmente isto é um processo de melhoria contínua da Instituição de Ensino! No entanto, há TRÊS quesitos que viabilizam a realização do piloto de marketing.

1 – Páginas web preparadas para Geração de leads ou produção de prospectos pré-qualificados;

2 – Equipe comercial com profissionais de vendas, preferencialmente atuando sob a gestão de um supervisor;

3 - Valores mínimos para contratação de um piloto de marketing web.

Entre em contato AGORA!
12 9 9732-5773 | atendimento@negociosdevalor.com.br

Aumente o FATURAMENTO e a LUCRATIVIDADE de sua Instituição de Ensino!
Vivencie nossos Serviços de Captação de Alunos!

Tipo de Serviço:
Seu Nome:
E-mail:
Telefone Comercial:
Celular:
Melhor Horário p/ Contato:
Cidade: UF
Empresa:
Profissão / Cargo:
Website da sua escola:
Quais cursos deseja ofertar?
Descreva suas Necessidades
Como nos conheceu
Especifique
 
 







NV - Negócios de Valor
Serviços de Prospecção de Clientes | Serviços de Captação de Alunos | Gestão de Links Patrocinados


Saiba como ATRAIR seus Potenciais Clientes
e PARE de persegui-los!
(12) 9 9732-5773
São José dos Campos - SP - Brasil